Deputada Rachel MarquesDeputada Estadual Rachel Marques

Destaques

10/04/2018 | Assessoria de imprensa

Nota oficial: Resolução sobre calendário de mobilização

Nota oficial: Resolução sobre calendário de mobilização

Executiva Nacional divulga nota com definições e mobilizações para os próximos dias em defesa de Lula Livre e da democracia

A Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores reunida em Curitiba aprovou as seguintes ações a serem implementas:

-Manter vigílias e acampamentos permanentes em Curitiba e Brasília, com o lema Lula Livre. Estas ações devem ser articuladas com caravanas partindo de todos os estados, com os movimentos sociais, as Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo e partidos aliados.

-Na quarta-feira, 11, Ato dos Juristas em defesa de Lula e da Democracia em Brasília.

-Na quinta-feira, 12, lançamento da Frente Ampla Partidária em defesa da democracia e da liberdade de Lula, em Brasília.

-Na quinta-feira, 12, atos de solidariedade ao ex-presidente Lula em frente às embaixadas brasileiras no exterior.

-Na sexta-feira,13, realizar atos político-culturais em todas as capitais e grandes cidades do Brasil, em defesa da liberdade de Lula com o tema Lula Livre.

-Os Comitês Populares em defesa da democracia e do direito de Lula ser candidato deverão, até o dia 13 de abril, transformar-se em Comitês Lula Livre. Os diretórios estaduais e municipais continuarão no esforço de multiplicar o número de comitês, conferindo-lhes tarefas políticas e organizativas das iniciativas nacionais e a auto-organização de iniciativas locais.

-Ato dia 21 de abril em Ouro Preto (MG) em defesa de Lula Livre/ Lula é inocente.

-Ato cultural com artistas LGBT dia 21 de abril no Rio de Janeiro em defesa de Lula Livre/ Lula é inocente

-Todos os diretórios estaduais do PT, em parceira com os Movimentos Sociais e as Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, deverão organizar atos e vigílias em todas as capitais e demais cidades em solidariedade Lula Livre e encaminhar as agendas para a SORG.

Executiva Nacional do PT

Fonte: site do Partido dos Trabalhadores – Foto: divulgação na Internet